Fechar



Registe-se na nossa newsletter







Novas vagas e bónus para médicos no interior do país

Terça-feira, 15 de Novembro de 2011
O Governo quer colmatar a falta de médicos em hospitais mais pequenos, no interior do país ou em locais onde há poucos profissionais de algumas especialidades, avança esta terça-feira o Diário de Notícias.

Para isso, o Ministério da Saúde disponibiliza agora 201 vagas (mais 82 do que anteriormente) para internos de várias áreas. Há vagas para anestesiologia, gastrenterologia ou endocrinologia, nas quais existem fortes lacunas, mas a grande aposta continuam a ser as áreas generalistas, que assim ganham mais 43 lugares.

Com o objetivo de fixar os médicos nesses locais foi criada uma bolsa mensal de 750 euros. A condição imposta aos internos é que continuem a trabalhar no respetivo hospital ou centro de saúde durante tantos anos quantos os que fizeram de formação.

Quem queira aproveitar esta oportunidade terá de escolher a área que prefere entre 25 de Novembro e 13 de Dezembro.





FERRAMENTAS
Imprimir
RELACIONADO
SAúDE
COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus
Termos de serviço
MULTIMÉDIA
  • Marca de skates dos EUA filma anúncios em Lisboa
  • Rapper D8 lança livro "Podes ser o que tu quiseres"
  • Buraco de Ozono vai desaparecer nas próximas décadas
  • Japão lança cerveja com colagénio que embeleza
  • Filme de Monsaraz vence prémio internacional
  • Livro muda de cenário conforme localização do leitor
  • Revista britânica garante corpo perfeito em 10 semanas
  • Vídeo: Leão de circo pisa relva pela primeira vez
  • Subir escadas reduz risco de AVC em 20%
  • Animais: Curta viral alerta para problema do abandono
  • Reino Unido lança  teste caseiro para detetar VIH
  • Grupo salva deficiente que caiu na linha do metro
  • China: Encontrados 43 ovos de dinossauro fossilizados
  • Bombeiros 'heróis' de Rio Maior salvam cão
  • Férias com animais tornam-se tendência na Europa
DESTAQUES
Image and video hosting by TinyPic

PÁGINAS AZUIS
The Agency.pt ®. Todos os direitos reservados 2011 - 2015.
O BoasNoticias.pt demorou 0.063 segundos a carregar