Fechar



Registe-se na nossa newsletter







Kyaia inaugura nova fábrica em Paredes de Coura

Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010
Kyaia inaugura nova fábrica em Paredes de Coura
O grupo português de calçado Kyaia, que detém marcas como a Foreva ou a Fly London, vai inaugurar, em Paredes de Coura, a sua quinta fábrica que irá empregar um total de 20 pessoas e representa um investimento de um milhão de euros.

Em comunicado, o grupo Kyaia adianta que a nova unidade "surge integrada na política de desenvolvimento que tem levado a efeito nos últimos anos" e irá acolher as áreas de montagem e de acabamento de calçado.

Com a sede em Guimarães, a empresa de Fortunato Frederico possui já três outras fábricas em Paredes de Coura, onde é atualmente responsável por mais de 200 postos de trabalho.

Incluindo as suas várias fábricas e a rede de lojas Foreva, o grupo Kyaia emprega um total de 500 funcionários e faturou cerca de 50 milhões de euros em 2009.Grande parte do volume de negócios advém da marca própria Fly London, que a empresa diz exportar "para todo o mundo".





FERRAMENTAS
Imprimir
RELACIONADO
SOCIEDADE
COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus
Termos de serviço
MULTIMÉDIA
  • Vídeo: Surda ensina língua gestual aos seus gatos
  • Inglaterra: Fadista português candidato a
  • Avó salta de pára-quedas para celebrar 100.º aniversário
  • Nós vimos o eclipse do Sol!
  • Pharrell Williams convida Portugal a ser mais feliz
  • Intérprete de língua gestual dá 'show' na Eurovisão
  • Vídeo: TAP realiza sonho de dez portugueses
  • Empresa eslovaca apresenta novo carro-voador
  • Espanhol lança aspirador para fezes de cão
  • Vídeo: Pai vê nascimento do filho a 4.000km de distância
  • Marc Jacobs recruta modelo em Portugal
  • ESA capta Lagoa das Sete Cidades do Espaço
  • Idoso recebe carta que deixou à namorada há 70 anos
  • Vídeo: Drone capta golfinhos a 'surfar' na Austrália
  • Aplicação transforma exercício físico em donativos
DESTAQUES
Image and video hosting by TinyPic

PÁGINAS AZUIS
The Agency.pt ®. Todos os direitos reservados 2011 - 2015.
O BoasNoticias.pt demorou 0.284 segundos a carregar